Gilson Barreto

Página 1 de 212

Com 29 votos favoráveis e 26 contrários, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou em 29 de outubro, em 2ª votação, o projeto do prefeito Fernando Haddad (PT) que revisa a Planta Genérica de Valores (PGV) e reajustará, em 2014, o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) dos imóveis residenciais, em até 20%, e o dos comerciais, em até 35%.

O vereador Gilson Barreto (PSDB) votou contra o aumento abusivo do IPTU. “É um confisco”, protestou. Ele tentou, com a bancada do seu partido, barrar a votação na noite da terça-feira, já que no dia seguinte seria realizada uma Audiência Pública sobre o tema com o apoio de diversas entidades e associações.

Para Gilson, a manobra do PT para forçar a votação e evitar a presença popular foi um golpe. “A aprovação na calada da noite, às vésperas de uma audiência pública já marcada com a população, demonstra que o prefeito errou e não quis conversar com a sociedade,” afirmou. Saiba Mais...

Página 1 de 212

PALAVRA DO VEREADOR

  • Volta às aulas sem uniforme e sem material escolar

    Há cerca de dois meses, o povo foi às ruas em todo o país para protestar contra a má qualidade do serviço público. O brasileiro sabe o que fala. Dia após dia, mês após mês, ano após ano, os casos de negligência parecem não ter fim. Tem sido assim com o transporte público, com a […]

FOTOS

ss_dia_corretor_imoveis_2013-tt-28 ss_dia_corretor_imoveis_2013-tt-10 ss_dia_corretor_imoveis_2013-tt-8 108º Aniversário do Rotary Club International 108º Aniversário do Rotary Club International 108º Aniversário do Rotary Club International 108º Aniversário do Rotary Club International 108º Aniversário do Rotary Club International Manutenção na praça da Rua Campo Azul manutencao-praca-da-rua-campo-azul praca_carlos_januario acsp_tatuape_custos_invisiveis

VOCÊ SABIA…?

  • Discurso do vereador Gilson Barreto na 83ª Sessão Ordinária – 30/10/2013

    O SR. GILSON BARRETO (PSDB) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. vereadores, estamos a beira de um abismo na cidade de São Paulo. Há dez razões para o Sr. prefeito voltar atrás e vetar o projeto do reajuste do IPTU: a derrama do Governo do PT. O povo paulistano não aguenta mais pagar tanto imposto […]