Lei da Semana de

Prevenção do Câncer de Pele

Lei de Gilson Barreto reforça a prevenção do câncer de pele

 

 

    O vereador Gilson Barreto é autor da lei 15.792, que oficializa a Semana de Educação a Exposição Solar Infantil Preventiva ao Câncer – “Sol Amigo da Infância”. A campanha é realizada anualmente na última semana de setembro, em parceria com órgãos públicos, da iniciativa privada e de instituições de prevenção ao câncer de pele.

 

    A iniciativa do vereador Barreto tem o apoio da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) – Regional do Estado de São Paulo e reforça a campanha “Sol Amigo da Infância”, promovida pela entidade para orientar as famílias sobre como proteger as crianças da exposição excessiva aos raios solares. "É uma forma de alertar a nossa população, sobretudo os pais e educadores, de modo que tenhamos, com o tempo, uma redução nos índices de desenvolvimento da doença na fase adulta", diz Gilson.

 

    De acordo com a SBD, há inúmeras evidências científicas de que entre 25 e 50% da exposição solar da vida dos indivíduos ocorra até a faixa dos 18 a 21 anos de idade.

 

    Segundo dados da sociedade, uma pesquisa realizada no sul da França concluiu que 50% das crianças de 3 a 12 anos passaram mais de seis horas do dia em ambiente exposto à luz e 90% delas sofreram uma queimadura solar. “Estratégias para prevenção do câncer de pele devem começar com a foto proteção das crianças. Reduzindo a exposição solar infantil, podemos reduzir o risco de desenvolvimento do câncer de pele nos adultos”, informa um texto de apoio à prevenção divulgado pela SBD.

 

    Números da Sociedade Americana de Câncer (American Câncer Society) indicam que a incidência anual de câncer de pele na população dos EUA é superior a 1 milhão de ocorrências. No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2012 foram registrados 62.680 novos casos de câncer de pele em homens e 71.490 em mulheres.